x

Tudo sobre verrugas, papilomas e nódulos em cães

Compartilhe

Tudo sobre verrugas, papilomas e nódulos em cães 28 de abril de 2020

Há dois tipos de verrugas comuns em cães. Uma encontrada em animais jovens e outras em animais mais velhos.

Nos animais jovens as verrugas, são papilomas, lesão causada pelo vírus do papiloma, que induz a proliferação de nódulos benignos localizados na mucosa (gengiva, céu da boca e língua) ou em regiões de transição como nariz, pálpebras, lábios e raramente na vulva e anus dos animais.

As verrugas com aspecto de “couve-flor”, começando pequenas, lisas e pálidas (brancas)  com o passar do tempo ficam escuras e enrugadas. Transmitidas por contato direto entre os cães quando se lambem ou se cumprimentam.

Não são todos os cães que têm contato com o vírus que desenvolvem a doença, animais mais jovens são mais propensos a desenvolver lesões do papiloma, pois são despreparados imunologicamente, brincam e se lambem mais que cães idosos. Isso faz com que a pele desses animais se torne mais propensa a lesões e assim ao desenvolvimento do vírus. Os papilomas podem regredir espontaneamente ou podem ser removidos cirurgicamente caso incomode muito o animal.

Pode-se “amarrar” as verrugas e fazer com que elas caiam até desaparecerem por completo.

Também é possível produzir uma auto vacina produzida a partir de uma verruga extraída e enviada ao laboratório.

Essas lesões são contagiosas apenas entre os cães e não são transmissíveis aos seres humanos ou para gatos. Os proprietários não precisam se preocupar com isso.

As verrugas em cães mais velho aparecem em qualquer parte do corpo, mas tendem a se desenvolver nas extremidades das patas: dedos dos pés e no abdômen.

Embora acometam qualquer raça, em poodles, cocker e schnauzer estão relacionadas com alterações nas glândulas sebáceas da pele do animal.

Os cães mais velhos que são afetados pelas verrugas são normalmente imunocomprometidos, pois muitas vezes fazem o uso constante de cortisona, outras vezes tem queda de resistência.

As verrugas podem começar com pequenos nódulos lisos que crescem com o tempo.

As verrugas têm origem na glândula sebácea que acumulam secreção gordurosa ao redor, o que favorece a proliferação de bactérias, levando a coceira e ao trauma e quando sangram passam a incomodar o animal.

Não há necessidade de tratar essas verrugas, mas quando começam a sangrar e causar desconforto ou esteticamente incomodam podem ser removidas.

Durante banhos, tosa e escovação do pelo podem ocorrer traumas e fazer com que as verrugas sangrem, nesse caso elas podem ser retiradas cirurgicamente.

Cães com muitos tumores cutâneos (mastocitoma, histiocitoma, sarcomas, linfomas etc.) devem procurar um médico veterinário para diferenciar se o nódulo é uma verruga ou um câncer de pele.

O Dr. Hato é um hospital veterinário 24h com especialistas em dermatologia veterinária e que podem ajudar no tratamento de diversas doenças de pele.

Agende uma consulta com um dos nossos especialistas.

Gostou do conteúdo?
Compartilhe

Leia também

BAETA NEVES 24H - SÃO BERNARDO DO CAMPO

(11) 4336-7185

Saiba maissaiba mais da unidade BAETA NEVES 24H - SÃO BERNARDO DO CAMPO

CAMPESTRE 24H - SANTO ANDRÉ

(11) 4428-1222

Saiba maissaiba mais da unidade CAMPESTRE 24H - SANTO ANDRÉ

VILA ALTO DE SANTO ANDRÉ - SANTO ANDRÉ

(11) 4200-1160

Saiba maissaiba mais da unidade VILA ALTO DE SANTO ANDRÉ - SANTO ANDRÉ